Comandante Geral da PMBA se reune com associações

Postada, 01 de agosto de 2013 às 17h

Aconteceu no final da tarde desta quarta-feira, 31, no Salão Nobre do Quartel do Comando Geral da PM, uma reunião entre o comandante geral da PMBA, coronel Alfredo Castro e as associações de oficiais e praças da Corporação com o objetivo de alinhar e definir propostas para o projeto de reestruturação e modernização da Polícia Militar.

Durante o encontro foram discutidos assuntos referentes à Lei de Organização Básica (LOB) da PM e o Estatuto dos Policiais Militares, além de outras questões que envolvem plano de carreira, efetivo e carga horária. Para o presidente da Associação dos Praças da Polícia Militar (APPM), sargento Agnaldo Pinto, pela primeira vez as associações e o comando estão coesos para desenvolver um trabalho que objetiva o bem comum do policial militar, seja oficial ou praça.

Durante a sua fala o presidente da ASPRA, Marcos Prisco, salientou a existência de dois itens que devem permear as propostas, a ascensão profissional e a isonomia salarial, que repercutem na autoestima do policial militar. As contribuições dos participantes ocorreram de forma democrática e seguidas de analise dos demais integrantes. “O objetivo é o avanço no sentido das melhorias e encontrar formas que venham aprimorar as condições de trabalho com a participação de todos, e isto é o que tem sido feito”, pontuou o presidente da Associação Força Invicta, tenente coronel Edmilson.

Os encontros têm sido um avanço histórico em que o diálogo e o entendimento são pontos marcantes. O coronel Alfredo Castro assinalou que o momento é de colaboração com sugestões e o martelo não está batido. “Encontros como este permitem o amadurecimento da Instituição através do diálogo, do ajuste e principalmente da busca do que é relevante para os policiais militares e para a nossa Corporação”, finalizou.

Até a conclusão do projeto de reestruturação e modernização da PMBA novas reuniões ocorrerão pelo grupo de trabalho

Comente!