Copa Lino Pitanga Filho é discutida com as oito equipes classificadas para as quartas de final da competição

Postada, 31 de janeiro de 2019 às 15h09

Uma grande resenha esportiva realizada na noite de ontem, 29, marcou o início da terceira fase da 13ª Copa de Futebol Society SD Lino Pitanga Filho. O evento promovido pela APPMBA em parceria com a Rádio Web Planetários Digital, foi conduzido pelo radialista SD PM Gisleno e pelo CB PM Guimarães, que com entusiasmo e irreverência, envolveram os convidados e ouvintes da rádio. 


Entre os participantes estavam o presidente da APPMBA, SGT Roque Santos, o coordenador de Esportes Cultura e Lazer, SGT Jackson de Castro e os representantes das oito equipes classificadas para as quartas de final da competição. 


Durante o bate-papo que durou um pouco mais de duas horas, entre os assuntos mais abordados, os comentaristas falaram sobre os favoritos ao título, artilharia, estatísticas, utilizando assim, informações do aplicativo Copa Fácil. Aplicativo oficial do torneio que é atualizado semanalmente com dados da competição. 

Em sua participação, o SGT Roque Santos, parabenizou as equipes que se classificaram para a próxima fase e agradeceu as demais que abrilhantaram as fases anteriores. 

Destacou ainda, a importância do campeonato para a tropa, ressaltando também, a busca por oferecer sempre, o melhor aos que frequentam o Clube Social, em Lauro de Freitas.”O principal objetivo do torneio é promover interação, entretenimento e lazer entre os policiais, bombeiros militares e seus familiares. Manter o elo da união entre a tropa, tem sido um dos nossos objetivos e pensando nisso, nós estamos buscando reformar as estruturas do clube, com foco em oferecer maior comodidade aos nossos associados”.


Perguntado sobre a instalação do campo sintético, o presidente salientou que a referida demanda é um dos sonhos da sua gestão e que já está trabalhando no orçamento, porém, é preciso cautela ao gerir os recursos devido a todas as outras necessidades que envolvem não apenas a Sede, como também, as nove regionais espalhadas pelo interior do estado. 

Já o coordenador de Esportes, SGT Jackson de Castro, ao ser questionado sobre ser sócio da Entidade, jogador do BG, ter participado das outras edições e não ter jogado no torneio, justificou.”A decisão partiu após conversa com os demais diretores e com a Comissão Julgadora. Para dar mais lisura ao campeonato, eu preferir ficar de fora, pois, de cá, eu consigo resolver algumas situações que acontecem e que de fato, precisam e devem serem resolvidas por alguém da Comissão”.



A resenha foi transmitida ao vivo também pelo facebook e teve a participação de ouvintes até de outros países.

Comente!