Nota de repúdio - 7ª CIPM Eunápolis

Postada, 10 de agosto de 2017 às 12h26

A Associação de Praças da Polícia e Bombeiro Militar da Bahia - APPMBA vem a público se solidarizar com os policiais militares da 7ª CIPM/Eunápolis que vem sofrendo difamações e acusações após circular nas redes sociais,  um vídeo gravado por um radialista daquela cidade, durante uma apreensão de arma de fogo e prisão, na Av. Duque de Caxias, no centro de Eunápolis. 

Repudia também a atitute do respectivo comunicador que de maneira irresponsável acusou os policiais de serem mau exemplo para a Corporação e tentou macular a imagem daqueles que diariamente doam suas vidas à favor do outro.

Esclarece através da 7ª CIPM/Eunápolis que: 

- O vídeo divulgado nas redes sociais, não condiz o que está sendo veiculado. 

- A filmagem passa a ser gravada instantes depois de já ter sido iniciada a abordagem ao cidadão infrator, que ao sair de um estabelecimento comercial naquela avenida, foi identificado e abordado pela guarnição.

- Ao ser encontrado um revólver enrolado em uma flanela em sua cintura, após busca pessoal no mesmo, a arma foi retirada do infrator e colocada no coldre de perna do policial que realizava a busca que continuou a realizar seu trabalho, momento em que a filmagem começa a ser gravada.

- A arma de fogo municiada foi encontrada em posse do autor abordado, que foi preso em flagrante delito e conduzido para Delegacia de Polícia Civil, onde assumiu para o delegado de plantão que estava andando armado por está sendo ameaçado.

- Ao tomar conhecimento do vídeo, a fim de esclarecer os fatos, o comando da unidade de pronto instaurou uma sindicância para resguardar a lisura da conduta dos policiais militares. 

Diante do exposto, a APPMBA reafirma mais uma vez o seu compromisso de continuar sempre defendendo os policiais e bombeiros militares da Bahia. 


Fonte: ASCOM / APPMBA.

Comente!