Palavra do Presidente

    Caros Associados,

    Durante o período que exerci os cargos de Relator da Assembléia Geral, Coordenador Jurídico, Coordenador Financeiro e Vice-Presidente do Conselho Administrativo, fui acumulando experiências para hoje no cargo de Presidente do Conselho Administrativo da Associação de Praças da Polícia e Bombeiro Militar da Bahia - APPMBA poder dirigir esta egrégia Entidade, uma das maiores do Brasil e assumir a responsabilidade de cumprir fielmente o compromisso de fortalecer cada vez mais a luta em defesa dos direitos de todos militares estaduais da Bahia e do Brasil.

    Estamos vivendo um momento de muitas incertezas, com o país mergulhando numa crise sem precedentes, política e institucional, onde cada vez, é mais latente, o pensamento do grande ícone baiano (Rui Barbosa).

    " DE TANTO VER TRIUNFAR AS NULIDADES,
    DE TANTO VER PROSPERAR A DESONRA,
    DE TANTO VER CRESCER A INJUSTIÇA,
    DE TANTO VER AGIGANTAR-SE OS PODERES NAS MÃOS DOS MAUS,
    O HOMEM CHEGA A SE DESANIMAR DA VIRTUDE,
    RIR DA HONRA E TER VERGONHA DE SER HONESTO "

    Na verdade estamos vivendo um momento de inversão de valores, onde oportunistas pensam que vão enganar a todos, o tempo todo, mas confio piamente na força do povo, este povo que trabalha, que impulsiona esta nação, que tem caráter e não foge à luta.

    Em 1964, A PREPOTÊNCIA DOS FORTES, CAUSOU A REVOLTA DOS FRACOS.

    Hoje estamos à beira do caos, pois estão querendo acabar com a nossa esperança. Por isso, precisamos estar unidos para combater todo tipo de discriminação e desvalorização, principalmente contra nós policiais e bombeiros militares da ativa e da reserva.

    Como presidente, tenho acompanhado todas as manobras daqueles vem querendo subtrair os direitos que conquistamos com muito sacrifício, luta e união.

    Não queremos e nem desejamos estabelecer o caos a sociedade baiana, este filme não nos trazem boas recordações.

    Não posso concordar com tantos absurdos praticados contra os praças da PMBA e os BMBA. A cassação de proventos mesmo na reserva remunerada; a falta de paridade salarial entre ATIVOS E INATIVOS, direito garantido na Constituição Estadual; a ausência de uma lei de isonomia salarial que beneficiava os companheiros da reforma e da reserva.

    Enquanto presidente da APPMBA , vou estabelecer como prioridade de mandato, a retomada da valorização dos nossos policiais militares, afinal, o sonho de todos que estão na ativa, é ter uma reserva com dignidade.

    Agradeço a todos os companheiros de diretoria que tem se engajado nesta luta, dando sustentação para tornar possível a realização dos projetos desenvolvidos pela Gestão "Justiça Social". Meus agradecimentos também a cada um dos associados que confiam na nossa competência para representá-los e defender os seus interesses.

    Presidir a Associação de Praças da Polícia e Bombeiro Militar da Bahia - APPMBA, para mim, não é um sacrifício, é um prazer enorme, e por isso, reitero os meus sinceros agradecimentos a todos que contribuem direta e indiretamente para o crescimento desta augusta agremiação.

    Respeitosamente,

    Roque Santos - SGT PM
    PRESIDENTE ADMINISTRATIVO

    Comente!